“Temos uma opinião muito clara e fomos lealmente, numa sequência cronológica, eu e Juninho, externando ao presidente a nossa opinião. Depois, pedimos aos atletas para focarem apenas no jogo contra o Equador. Na sequência, solicitaram uma conversa direta ao presidente. Foi uma conversa muito clara, direta. A partir daí, a posição dos atletas também ficou clara. Temos uma posição, mas não vamos externar isso agora. Temos uma prioridade agora de jogar bem e ganhar o jogo contra o Equador. Depois desses dois jogos, vou externar a minha posição”, disse o técnico Tite, na última quinta-feira.

Diante desse cenário caótico, o Brasil enfrentará o Equador nesta sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), em Porto Alegre, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Na terça, o rival será o Paraguai, em Assunção. A decisão de Tite e do elenco sobre a Copa América só deve ocorrer após esses compromissos.

Fonte gazetaesportiva.com

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *