O Brasil foi nesta segunda-feira oficialmente anunciado pela Conmebol como sede da edição de 2021 da Copa América, antes prevista para Colômbia e Argentina. No mesmo dia, o Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB) foram ao Superior Tribunal Federal (STF) para tentar evitar a realização do torneio no país.

Os advogados do PT encaminharam ao ministro Ricardo Lewandowski um pedido de tutela emergencial contra a Copa América. A sigla entende que o torneio contraria “os esforços engendrados por parte da sociedade brasileira para a contenção da pandemia”.

O PT apresentou um adendo à Arguição por Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) das vacinas contra a Covid, da qual Lewandowski é o relator. O objetivo é suspender todas as tratativas relacionadas à realização da Copa América 2021 no Brasil.

Por meio de ADPF, o PSB também ingressou com um mandado de segurança preventivo no STF. A sigla considera que a realização do torneio no Brasil “veicula flagrante violação a direitos difusos da coletividade protegidos pela Constituição Federal”.

Filiado ao PSB, o deputado federal Júlio Delgado entrou com uma Ação Popular para impedir, através de liminar, a realização da Copa América no Brasil. A ação foi impetrada no Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região e tem como alvo a União, através do seu representante, o presidente Jair Bolsonaro.

Embora o Brasil tenha sido anunciado como sede pela Conmebol, a realização da Copa América no País ainda não está garantida, segundo Luiz Eduardo Ramos, Ministro da Casa Civil. A possibilidade levou o senador Randolfe Rodrigues (Rede), vice-presidente da CPI da Covid, a agir para ouvir Rogério Caboclo, mandatário da CBF.

Deixe seu comentário

Fonte gazetaesportiva.com

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *