A maior cidade da Região dos Lagos é, também, dona de uma coleção impressionante de belas praias. Fazendo jus à sua fama, oferece a dose certa de natureza e de infraestrutura, brindando os visitantes com conforto e ar puro, facilidades e paisagens de tirar o fôlego.

O que fazer na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro
Viagens curtas para sair da rotina: dicas e destinos

Nunca foi pra lá? Então que tal descobrir agora mesmo o que fazer em Cabo Frio e já começar a sonhar com a próxima viagem? Deixe tudo planejado desde já com o seu agente de viagens e embarque rumo a esse paraíso mais pra frente, quando você se sentir mais confortável. Dessa forma você cuida da sua saúde e segurança, mas já garante uma escapadinha lá na frente! Você merece 🙂

7 DICAS DE O QUE FAZER EM CABO FRIO (RJ)

1. As praias de Cabo Frio

shutterstock 1882916419

Vista aérea da linda Praia das Conchas, em Cabo Frio | Crédito: Shutterstock

Em um lugar onde o mar dita as regras o primeiro item deste post não poderia ser diferente. Apesar de Cabo Frio ter muitas praias, algumas acabaram se tornando mais populares que as outras. A Praia do Forte, por exemplo, é a mais conhecida da cidade e, por isso mesmo, é um dos seus cartões-postais. Tem aquela vibe de praia da Cidade Maravilhosa, com hotéis e prédios à beira-mar e inúmeros quiosques. Isso sem mencionar a faixa de areia branca e a água superlimpa, ótima para banho. Se não se importar de caminhar um pouco, de lá você acaba chegando à Praia das Dunas, cuja beleza é realçada pela formação de – adivinhe só! – dunas.

A Praia do Peró, por outro lado, tem um mar mais agitado, motivo pelo qual atrai bastante surfista. Porém, ainda assim é excelente para famílias e costuma ser mais sossegada que as demais mesmo durante a alta temporada. Assim como a Praia do Forte, também é servida por quiosques. Ah, quer saber duas coisas muito legais sobre ela? Peró tem banheiros e rampas adaptados para pessoas com deficiência e é vizinha da bela Praia das Conchas. Ou seja: não tem como não dar uma esticadinha até lá e curtir sua água calma. Dali, inclusive, dá pra fazer trilhas no Morro do Vigia e na Ponta do Arpoador. De ambas as trilhas a vista que se tem é linda, sobretudo ao pôr do sol.

Outra dica de o que fazer em Cabo Frio é curtir a Praia do Foguete, especialmente se você surfar. Pertinho de Arraial do Cabo, quase na divisa entre os dois destinos, a praia impressiona com os tons de azul do mar e, de quebra, conta com quiosques e restaurantes.

2. Parque das Dunas

Por falar na Praia do Foguete, é no bairro de Foguete, na estrada para Arraial do Cabo, onde fica o Parque das Dunas. Área de Proteção Ambiental – o que significa que o local é protegido por lei –, o parque, conforme o nome já entrega, exibe um belíssimo conjunto de dunas. A mais famosa é a Dama Branca, de 33 metros de altura, a maior duna isolada da região Sudeste. Sob a sua imensidão de areia existe um manancial de água doce, o que torna a Dama Branca de importância vital para a sua proteção.

Dica: aproveite o lugar para tirar muitas fotos, porque a paisagem é espetacular, e para se divertir no esquibunda.

3. Canal do Itajurú

Credito editorial LuizSouza shutterstock 720216919

Canal de Itajuru, em Cabo Frio, no Rio de Janeiro | Crédito editorial: LuizSouza/Shutterstock.com

Quem se amarra em passeios de barco precisa, necessariamente, visitar o Canal do Itajurú. Isso porque ali é o ponto de partida para as ilhas Redonda, Comprida e dos Papagaios, por exemplo. As embarcações atracadas dão um charme ao local, mas a região vai muito além: é lotada de restaurantes, sorveterias e cafeterias. Portanto, reserve um tempinho para explorar o entorno.

4. Ilha do Japonês

Ilha do Japones Cabo Frio Rio de Janeiro shutterstock 1142746616

Recorte da Ilha do Japonês, um dos lugares mais procurados de Cabo Frio, no Rio de Janeiro | Crédito: Shutterstock

Tá a fim de mais uma dica certeira de o que fazer em Cabo Frio? Pois então aqui vai: visitar a Ilha do Japonês. A água, em tons muito claros de azul e verde, é bem tranquila e rasa, o que a torna ideal para famílias com crianças. Ali dá pra brincar de stand-up paddle e fazer passeios de caiaque, assim como curtir a vista, emoldurada pela vegetação nativa. Se estiver planejando conhecer a Ilha do Japonês, lembre-se de ir cedo pra lá, pois ela costuma lotar rapidinho e o ideal é ir antes de a maré subir.

5. Rua dos Biquínis

Se você ama fazer compras, preste atenção neste nome: Rua dos Biquínis. Afinal, ela tem tudo pra ser um dos seus points favoritos. Dispondo de bons preços (fique de olho nas promoções, hein!) e mais de 150 lojas, tem de tudo um pouco, mas o forte, claro, são as roupas de banho. Enfim, vale dar uma voltinha para conhecer e também garantir itens novos para o seu guarda-roupa.

6. Forte São Mateus

Forte Sao Mateus Cabo Frio Rio de Janeiro Credito editorial Julio Ricco shutterstock 1513964732

Além de ser uma herança dos tempos do Brasil Colônia, o Forte São Mateus tem uma das melhores vistas de Cabo Frio | Crédito editorial: Julio Ricco/Shutterstock.com

Logo ao lado da Praia do Forte fica o Forte São Mateus, construído no século 17 – mais precisamente em 1620 – para proteger a região de possíveis invasões estrangeiras. Este se receio se devia à grande quantidade de pau-brasil da região e ao acentuado interesse de franceses, holandeses e ingleses. Um point e tanto para os visitantes que amam história, o forte tem canhões preservados, os quais acabam virando um bom cenário para fotos. Além disso, descortina uma bonita vista panorâmica. Olha aí mais uma dica porreta de o que fazer em Cabo Frio!

7. Bairro da Passagem

Igreja de Sao Benedito Cabo Frio RJ shutterstock 1135981919

Igreja de São Benedito, um dos ícones do bairro da Passagem, em Cabo Frio | Crédito: Shutterstock

Embora as praias sejam as estrelas de Cabo Frio, o charmoso destino tem ainda outra carta na manga, que atende pelo nome de bairro da Passagem. O local não só foi o primeiro reduto de povoação portuguesa da região, como ainda é um dos vilarejos mais antigos do país. Não é à toa, portanto, que suas construções históricas, que guardam os traços da arquitetura colonial, atraiam a atenção de tanta gente.

Sabe o Canal do Itajurú, que a gente já comentou aqui? Pois é, o bairro da Passagem fica às margens dele. Suas ruas estreitas, repletas de casarios antigos e de calçamento irregular, são como uma viagem no tempo. Inclusive, vale a pena também visitar a Igreja de São Benedito, construída por escravos no século 18. À noite, a região ganha ainda mais vida com os bares e restaurantes.

O que fazer em Búzios (RJ): um tour pelas praias do destino
Para viajar pelo Brasil: veja alguns dos destinos mais bonitos do país

E aí, o que você achou das nossas dicas de o que fazer em Cabo Frio? Tem alguma dica que acabou não aparecendo no nosso post? Então conta pra gente nos comentários! Afinal, é bem difícil falar tudo de um lugar tão bonito e interessante quanto esse 🙂

Fonte segueviagem.com.br

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *