Acima de tudo, vale dizer que não é nem um pouco complicado decidir o que fazer em Arraial do Cabo. E como poderia ser diferente, já que se trata de uma das cidades mais famosas da Região dos Lagos? Pois é, já faz um bom tempo que este nome se cravou como um dos mais cobiçados do Rio de Janeiro. Inclusive, tem grandes chances de que você, que está lendo este post neste momento, esteja justamente planejando uma viagem para o destino.

Além da Cidade Maravilhosa: para onde ir no estado do Rio de Janeiro

Arraial combina com viagens curtinhas – até porque dá pra conhecer as suas principais atrações em quatro dias –, assim como com viagens mais longas, daquelas que permitem esticar o passeio para destinos vizinhos. De uma forma ou de outra, você vai descansar, se divertir e voltar pra casa cheio(a) de fotos bem bonitas.

O que fazer em Arraial do Cabo: prepare-se, porque as Prainhas do Pontal do Atalaia estão entre as mais bonitas de todo o Rio de Janeiro | Crédito: Shutterstock

Prepare-se, porque as Prainhas do Pontal do Atalaia, em Arraial do Cabo, estão entre as mais bonitas de todo o Rio de Janeiro | Crédito: Shutterstock

A gente resumiu aqui seis dicas imperdíveis de o que fazer em Arraial do Cabo. Porém, se você tiver alguma diferente para compartilhar, fique mais do que à vontade, viu? Sua experiência faz toda a diferença no nosso conteúdo e também pode ajudar a definir como será a trip de outra pessoa 😉

6 DICAS DE O QUE FAZER EM ARRAIAL DO CABO

1. Visitar as praias, marcas registradas de Arraial do Cabo.

Praia Grande Arraial do Cabo Rio de Janeiro shutterstock 1825995092

Vista aérea da Praia Grande, uma das mais importantes de Arraial do Cabo | Crédito: Shutterstock

Você sabia que a Região dos Lagos também atende por Costa do Sol? Dessa informação já dá pra deduzir bastante coisa. Afinal, se faz parte do Rio de Janeiro e tem “sol” no nome só pode ser um lugar imperdível, né? Na mosca.

No total, Arraial do Cabo tem nove praias. E que praias! O destino disputa com Maragogi (AL) o apelido de Caribe Brasileiro, e o azul-turquesa do mar colabora bastante pra isso. Entre as mais icônicas estão as Prainhas do Pontal do Atalaia, duas praias separadas por uma rocha que se unem na maré alta. Outro diferencial é a escadaria de madeira que dá acesso a elas, cuja vista é tão incrível de seu topo que se tornou um dos cartões-postais do destino.

Não a confunda com a Praia do Pontal, que fica logo na entrada da cidade, viu? Como não dá pra vê-la da estrada e o seu acesso é mais restrito, ela costuma ficar bem vazia. Então, ela também é uma ótima dica, apesar de o mar ser mais gelado.  Por outro lado, a Prainha é o exato oposto disso: ela brinda os visitantes com uma vista incrível quando estão chegando a Arraial do Cabo, é pontilhada de pousadas e restaurantes e é bem fácil chegar até ela.

Além delas, há também a Praia Grande (com boa infraestrutura), a Praia dos Anjos (de onde parte a maioria dos passeios), a Praia Brava (mais vazia e com ondas) e a ilustre Praia do Forno. Nesta última, aliás, só dá pra chegar a pé ou de barco a partir da Praia dos Anjos.

2. Fazer pelo menos um passeio de barco e conhecer a Praia do Farol

Tá a fim de descobrir o que fazer em Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro? Então conheça a Praia do Farol | Crédito: Shutterstock

Tá a fim de descobrir o que fazer em Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro? Então conheça a Praia do Farol | Crédito: Shutterstock

Ao pesquisar sobre o que fazer em Arraial do Cabo muito provavelmente você vai encontrar várias menções ao passeio de barco que leva à Praia do Farol. E, acredite, toda essa fama não é à toa. Antes de qualquer coisa cabe ressaltar que a Praia do Farol faz parte de uma área de proteção da Marinha. Portanto, há um limite no número de pessoas que podem visitá-la todos os dias: 250. Sendo assim, tente fazer o passeio no primeiro horário, OK?

Sua beleza é quase mítica e tem tudo o que se espera de uma praia: mar extremamente transparente e areia muito branca. Além disso, outro destaque do lugar é o Sambaqui. Em linhas gerais, trata-se de um tipo de sítio arqueológico que reúne relíquias pré-históricas, como conchas, chifres de animais e ossada humana.

Ao mesmo tempo, o passeio costuma incluir a Fenda de Nossa Senhora, a Pedra do Macaco, a Gruta Azul (cuja parada depende de o mar não estar muito agitado), as Prainhas do Pontal e a Praia do Forno. Tá a fim de saber uma curiosidade? Então se liga só: a Fenda de Nossa Senhora tem mais de 40 metros de altura e, reza a lenda, muitos anos antes ali foi encontrada uma estátua de Nossa Senhora. Mesmo depois de ter sido levada para a igreja, dizem que a estátua voltava a aparecer no local. Interessante, né?

3. Aproveitar a água cristalina para mergulhar e fazer snorkel

shutterstock 1076442464

Você sabia que Arraial do Cabo é um dos melhores lugares do país para avistar tartarugas-marinhas? Crédito: Shutterstock

Quer mais dicas de o que fazer em Arraial do Cabo? Joia, pois o destino também é considerado como a Capital do Mergulho. Isso porque o mar é tão cristalino, e abriga uma vida marinha tão rica, que mergulhar com cilindro é quase uma atração obrigatória. Prepare-se para ver de perto não apenas cardumes e corais, mas até cavalos-marinhos e tartarugas-marinhas.

Dicas de viagem para praticar esportes: 12 destinos pelo Brasil

Ah, e, por falar nisso, aproveite para colocar o seu snorkel na mala. A Prainha e a Praia da Graçainha, por exemplo, são ótimas para isso. Se não tiver um, não tem problema, uma vez que dá pra alugar o snorkel, bem como o kit de máscara, diretamente nos barcos.

4. Encarar pelo menos uma trilha

O que fazer em Arraial do Cabo: curtir a vista para a estonteante Praia do Forno | Crédito: Shutterstock

Vista para a estonteante Praia do Forno, em Arraial do Cabo | Crédito: Shutterstock

Não é nenhum exagero dizer que Arraial do Cabo tem uma beleza cinematográfica. Por conta disso, e se você curtir fazer caminhadas, a dica é encarar pelo menos uma trilha enquanto estiver na região. No entanto, não opte por fazer as trilhas por conta própria. Assim você evita se perder, visto que nem sempre há sinalização e algumas são em mata fechada. Logo, contrate um(a) guia, hein!

Para começar, nada melhor do que fazer a trilha que sai do canto esquerdo da Praia dos Anjos e vai para a Praia do Forno. Até porque ela dura mais ou menos 15 minutos e o seu grau de dificuldade não é alto, embora o caminho seja de pedras e, por isso mesmo, a atenção deva ser redobrada, sobretudo em dias de chuva. No meio do trajeto, aproveite para fazer muitas fotos do mirante.

Por outro lado, quem preferir pode chegar à Praia do Forno a partir da trilha que sai da Prainha. Esta, porém, é um pouco mais difícil e dura cerca de 4h (afinal, são 4 km para percorrer). Há alguns mirantes pelo caminho, mas o destaque é para os dois do Mirante da Cabocla. Ou seja: garanta um celular ou uma câmera em mãos, porque a vista para a Praia do Forno e para as praias do Farol e dos Anjos é arrebatadora!

5. Assistir ao nascer e/ou ao pôr do sol de um lugar privilegiado

shutterstock 1872410068

Segure o fôlego, pois o pôr do sol da Praia Grande, em Arraial do Cabo, é arrebatador | Crédito: Shutterstock

Já que este post traz dicas de o que fazer em Arraial do Cabo, é nosso dever informar que o destino tem lugares bem especiais para curtir o pôr do sol. Mesmo porque essa quase sempre está entre as atrações favoritas de quem está na praia. Se for uma das suas também, tenha em mente que o Mirante do Pontal do Atalaia e a Praia Grande são, merecidamente, os dois pontos mais populares.

Em contrapartida, quem fizer a trilha da Praia do Forno logo cedo vai se deparar com um nascer do sol de cair o queixo. A mesma coisa vale para quem estiver na orla da Praia dos Anjos.

6. Esticar a viagem e conhecer Búzios e Cabo Frio, também na Região dos Lagos

shutterstock 1464916073

A tranquila e ao mesmo tempo badalada cidade de Búzios, outra estrela da Região dos Lagos | Crédito: Shutterstock

Como já deve ter ficado claro até aqui, Arraial do Cabo é uma cidade linda. Contudo, quem tiver um pouco mais de tempo pode (e deve!) estender a viagem. Isso porque a oportunidade é perfeita para conhecer Cabo Frio e Búzios, outras estrelas da Região dos Lagos.

Cabo Frio fica mais perto, a mais ou menos 30 minutos de carro. Assim como Arraial, coleciona praias muito bonitas, a exemplo da Praia do Forte, a mais conhecida de todas. A Ilha do Japonês, a Praia das Dunas, a Praia do Peró e a Praia das Conchas podem completar o passeio. Além disso, Cabo Frio é uma cidade grande, a segunda maior da Região dos Lagos, o que significa que oferece excelente estrutura para os turistas.

Afinal, o que fazer em Búzios (RJ)? Um tour pelas praias do destino

Apesar de Búzios estar mais longe – você vai levar cerca de 1h de carro até lá –, isso não é motivo para desanimar. Muito pelo contrário! São mais de 20 praias para conhecer, como Geribá, Ferradurinha, João Fernandes, Azeda e Azedinha. Afora isso, não tem como não se encantar com a Rua das Pedras, salpicada de lojas e restaurantes, ou com a Orla Bardot, calçadão onde fica a icônica escultura da atriz Brigitte Bardot. Para fechar, Búzios conta com uma agitada vida noturna. Nada mau!

QUAL É A MELHOR ÉPOCA PARA IR A ARRAIAL DO CABO?

shutterstock 1777841864

De forma geral, vale a pena visitar a Região dos Lagos ao longo de todo o ano, embora o mar esfrie entre junho e outubro | Prainha, Arraial do Cabo | Crédito: Shutterstock

A Região dos Lagos é conhecida não só por sua beleza, mas também pela fama de ter águas geladas. O clima tende a ser agradável o ano inteiro, apesar do vento constante. O verão é a época do ano em que mais gente vai pra lá. Em outras palavras, entre dezembro e fevereiro a cidade costuma estar mais cheia e, portanto, mais cara. Se você só conseguir tirar férias e/ou viajar nestes meses, ainda assim vale a pena.

O que fazer na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro

Em compensação, nos meses de inverno Arraial dá uma boa esvaziada. O sol segue aparecendo, mas à noite a temperatura cai um pouco. Guarde bem este dado: o mar tende a ficar mais frio entre junho e outubro.

O outono e a primavera são boas datas para ir. Inclusive, nos meses de março, abril e maio a tonalidade do mar fica ainda mais bonita.

JÁ SABE O QUE FAZER EM ARRAIAL DO CABO. #PARTIU?

Para viajar pelo Brasil: veja alguns dos destinos mais bonitos do país 
Qual desses cartões-postais do Brasil você conhece?

Agora que você já sabe o que fazer em Arraial do Cabo, que tal começar a planejar a sua próxima viagem? A Região dos Lagos espera por você e certamente não vai te decepcionar! Para uma viagem ainda melhor, consulte um(a) agente de viagens. Dessa forma você garante tranquilidade e segurança do início ao fim do passeio 😉

Fonte segueviagem.com.br

Recommended Posts