Utilizado pelo Palmeiras em seus dois primeiros jogos no Campeonato Paulista, Giovani é o caçula do elenco inscrito para a disputa do torneio estadual. Na saída do campo do Allianz Parque, após a vitória sobre o São Caetano, o jovem atacante de 17 anos falou sobre seus objetivos na noite de quinta-feira.

“Primeiramente, quero mandar um abraço para minha família. Estou muito feliz por estrear no Allianz Parque. É fruto de um trabalho que estamos fazendo desde 2015. Quero virar ídolo desse time para dar alegria à torcida. Fazer parecido ao que o Gabriel Jesus fez. Ele é um ídolo para mim”, disse Giovani ao Premiere.

Formado nas categorias de base do Palmeiras, Gabriel Jesus conquistou a edição de 2015 da Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro 2016 antes de deixar o clube para defender o poderoso Manchester City e disputar a Copa do Mundo 2018 como titular da Seleção.

Colocado no lugar de Lucas Lima durante o segundo tempo contra o São Caetano, Giovani chegou a marcar após cobrança de falta de Gabriel Menino, mas a arbitragem assinalou impedimento. O jovem ficou na expectativa enquanto VAR analisava a decisão do assistente, que acabou confirmada.

O caçula do Palmeiras entre os inscritos no Campeonato Paulista marcou mais de 100 gols pelas categorias de base e, questionado sobre seu estilo de jogo, tratou de enumerar: “Minhas características principais são drible, velocidade, movimentação e finalização”.

Com quatro pontos em duas partidas, o Palmeiras figura no terceiro lugar do Grupo C do Campeonato Paulista. Pela quarta rodada do torneio estadual, o time alviverde volta a campo para enfrentar a Ferroviária às 16 horas (de Brasília) deste domingo, novamente no Allianz Parque.

O post Inspirado por Gabriel Jesus, caçula do Palmeiras afirma: “Quero virar ídolo” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *