Transcendendo as fronteiras do esporte e transformando-se em um estilo de vida, o surfe é uma experiência indescritível. Se quiser deixar tudo ainda mais especial, a dica é unir a prática do exercício à oportunidade de viajar. E sabe qual é a melhor parte? Isso não exige percorrer longas distâncias, pois o Brasil conta com um litoral cheio de praias para quem está em busca da onda perfeita.

Palco para muitos campeonatos mundiais de surfe, a rota nacional vai do estado da Bahia a Santa Catarina. E para que você não fique só na vontade de conseguir a “batida” (manobra em que o surfista acerta a crista da onda com a parte de baixo da prancha) dos sonhos, o Segue Viagem selecionou seis lugares certeiros. Vamos dar uma quedinha rápida (gíria para “vamos surfar”)?

1. Maresias – São Sebastião (SP)

Praias de Maresias – São Sebastião - São Paulo | Crédito: Shutterstock

Praia de Maresias – São Sebastião – São Paulo | Crédito: Shutterstock

Célebre pelas ondulações que atraem turistas de todos os cantos, Maresias, em São Sebastião, é uma das praias mais badaladas do litoral norte paulista. Cinco quilômetros de extensão, areia branca, mar cristalino e agitado são algumas de suas características, mas o destaque realmente fica para as ondas nos mais variados tamanhos, atendendo dos surfistas iniciantes aos profissionais.

Ah! E você sabia que foi ali que nasceu Gabriel Medina, o primeiro campeão mundial brasileiro de surfe? Além disso, a região é considerada pela National Geographic uma das melhores praias do mundo para surfe.

2. Boca da Barra – Itacaré (BA)

praias shutterstock 469595912

Itacaré – Bahia | Crédito: Shutterstock

No litoral sul da Bahia, a praia é ideal para visitantes à procura de um lugar para curtir o mar durante o inverno brasileiro, época em que suas ondulações são ainda mais incríveis. Casa de uma das etapas do Campeonato Mundial de Surfe (WSL), ela não é indicada para os principiantes no esporte, já que tem uma das mais longas ondas do país e uma forte correnteza, o que exige muita habilidade.

3. Itaúna – Saquarema (RJ)

praias Itaúna – Saquarema - Rio de Janeiro | Crédito editorial: Rodrigo S Coelho / Shutterstock.com

Itaúna – Saquarema – Rio de Janeiro | Crédito editorial: Rodrigo S Coelho / Shutterstock.com

Famosa na pequena cidade de Saquarema, a Praia de Itaúna também foi palco de uma das fases do Mundial de Surfe em 2017 e 2018. Com ondas de até três metros, ela tem apelidos como “Capital do Surfe Brasileiro”, “Templo de Surfe” e “Maracanã de Surfe”.

Paraíso para os surfistas, alguns picos por ali são, por exemplo, Casarão, Garota de Itaúna, Point e Barrinha.

4. Praia do Rosa – Imbituba (SC)

Praia do Rosa – Imbituba - Santa Catarina | Crédito: Shutterstock

Praia do Rosa – Imbituba – Santa Catarina | Crédito: Shutterstock

Paradisíaca, a Praia do Rosa recebe os surfistas que amam “voar sobre as ondas”. Dona de águas azuis e dois quilômetros de litoral, ela oferece ondas constantes que variam de meio metro a três metros de altura. Predileta de muitos praticantes da modalidade, a praia conta com duas partes: Rosa Norte (mais tranquila) e Rosa Sul (ótima para manobras mais radicais). Ou seja, é indicada para todos os estilos de viajantes.

Posteriormente e bem próximos dali estão outros locais muito propícios para dar um 360°: Praia da Ferrugem, Praia do Luz, Praia de Ibiraquera e Praia Vermelha.

5. Cacimba do Padre – Fernando de Noronha (PE)

Cacimba do Padre - Fernando de Noronha - Pernambuco | Crédito: Shutterstock

Cacimba do Padre – Fernando de Noronha – Pernambuco | Crédito: Shutterstock

O “Havaí Brasileiro” não poderia ficar de fora desta listinha. Além de muita preservação do meio ambiente, praias maravilhosas e excelente infraestrutura, o destino tem lugares como, por exemplo, as praias de Conceição e Cachorro, feitas sob medida para o surfe. Contudo, o grande destaque fica para os tubos cilíndricos da magnífica Cacimba do Padre, que conquista até mesmo quem está ali só para observar.

Entre dezembro e abril, a dupla águas cristalinas e grandes tubos deixa tudo mais mágico. Para quem gosta de mergulhar, este também é um dos melhores lugares no mundo. Então, noronhe-se!

6. Itamambuca – Ubatuba (SP)

shutterstock 1501214513

Itamambuca – Ubatuba – São Paulo | Crédito: Shutterstock

Por fim, que tal mais uma paulista nesta listinha? Em Ubatuba, a Praia de Itamambuca é a representante da região e costuma receber competições nacionais e internacionais do esporte. Bem preservada, ela é a queridinha dos surfistas devido suas ondas constantes. Em outras palavras, é o paraíso para aqueles que gostam de pegar as longas direitas que permitem manobras sensacionais.

E aí, ficou instigado a surfar em alguma dessas praias? Se quiser acrescentar algum local à nossa listinha, deixe um comentário! Ao compartilhar sua experiência, você acaba ajudando outros viajantes a garantirem uma trip memorável 😉

E lembre-se: se estiver planejando uma viagem, mesmo que seja uma curtinha, consulte um agente de viagens. Dessa forma você garante um passeio livre de perrengues.

Fonte segueviagem.com.br

Recommended Posts