A sentença sobre a tentativa de chantagem sofrida pelo jogador francês Mathieu Valbuena com um vídeo de teor sexual, que tem como acusado mais famoso o astro do Real Madrid Karim Benzema, será anunciada em 24 de novembro, informou a justiça francesa.

O veredicto era esperado para esta sexta-feira, mas o presidente do tribunal de Versalhes anunciou que a sentença será divulgada apenas em 24 de novembro.

O Ministério Público pediu 10 meses de prisão com suspensão condicional da pena para Benzema, acusado de cumplicidade na tentativa de chantagem, assim como uma multa de 75 mil euros (cerca de R$ 501 mil), por considerar que as escutas provam sua “associação” com a trama.

No último dia de audiências, os advogados de defesa denunciaram um caso midiático baseado apenas nos “sentimentos” da suposta vítima, Mathieu Valbuena.

“Podemos perguntar o que interessa realmente aos franceses neste caso? O sexo? O futebol? Não a questão judicial, de qualquer maneira”, afirmou no tribunal o advogado de Benzema, Antoine Vey, que pediu a absolvição.

Vey denunciou “as especulações” da acusação e afirmou que “o elemento intencional do crime” pelo qual o jogador de 33 anos é acusado não foi tipificado.

Além do camisa 9 do Real, o julgamento tem outros quatro réus acusados por tentativa de chantagem, para os quais o MP solicitou penas que vão de 18 meses de prisão com suspensão condicional da pena a quatro anos de detenção.

No dia 6 de outubro de 2015, Benzema foi ao quarto de Valbuena na concentração da seleção francesa, no centro de treinamento de Clairefontaine, a 40 quilômetros de Paris.

Benzema disse ao colega de time que poderia apresentar “alguém de confiança” para ajudar a “administrar” a possível divulgação de um vídeo comprometedor.

Benzema não falou em nenhum momento sobre dinheiro, mas recomendou seu amigo de infância Karim Zenati, com o qual os supostos chantagistas haviam entrado em contato para pressionar o meia, depois de fracassar em suas tentativas anteriores.

Ao contrário de Valbuena, que compareceu às audiências até quinta-feira, Benzema não esteve presente no julgamento – no domingo ele disputará o clássico do campeonato espanhol entre Real Madrid e Barcelona.

O escândalo teve consequências esportivas, além das judiciais. Benzema e Valbuena, atualmente no Olympiakos da Grécia, deixaram de ser convocados para a seleção francesa.

O atacante, no entanto, voltou a defender a seleção francesa às vésperas da Eurocopa disputada em 2021. E o técnico dos Bleus, Didier Deschamps, já deu a entender que a decisão judicial não deve afetar a presença do atacante na Copa do Mundo do Catar-2022.

Deixe seu comentário

Fonte gazetaesportiva.com

Recommended Posts