O Santos segue se preparando para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Juniores. Nesta edição, um dos jogadores mais experientes do elenco alvinegro será o goleiro Diógenes. O atleta de 20 anos estava integrado ao time profissional, mas decidiu defender o Peixe no torneio de base.

“Acho que temos que estar jogando independente de tudo. Tive a possibilidade de poder escolher se desceria para jogar a Copinha e é por isso que eu estou aqui. Ainda mais que eu já quero uma preparação para continuar com o profissional, fazer um bom campeonato e dar sequência no paulista”, disse à Santos TV.

Apesar da fama do Santos em revelar grandes jogadores, o clube vem enfrentando dificuldades para se dar bem na Copinha. Em 2020, a equipe foi eliminada logo na segunda fase, perdendo nos pênaltis para a Ponte Preta depois de um empate por 1 a 1. Já em 2019, o clube sequer passou da fase de grupos, ficando atrás de União Mogi e São Caetano.

“A responsabilidade aumenta cada vez mais. Temos sempre que ser protagonistas nos campeonatos. Sempre temos que buscar bons resultados. A camisa do Santos é muito pesada. è uma honra e um orgulho disputar uma Copinha pelo Santos”, disse.

Diógenes ainda destacou que costuma conversar com alguns atletas do elenco profissional e agora busca repassar isso para os Meninos da Vila

“No profissional a gente tem muitos exemplos, como Sanchez, Marinho e João Paulo, que sempre conversam comigo, que sempre me aconselharam. O que puder agregar com o pessoal da base eu vou agregar”, finalizou.

Até o momento, o Santos soma três títulos da Copinha, conquistados em 1984, 2013 e 2014. O Peixe está no grupo está no grupo 8, ao lado de Ferroviária, Rondoniense-GO e Operário-PR. O Alvinegro estreia no torneio no dia 3 de janeiro, às 21h45 (de Brasília), diante do clube paranaense, na Fonte Luminosa, em Araraquara.

Deixe seu comentário

Fonte gazetaesportiva.com

Recommended Posts